Hitler era gay? Dossiê americano da guerra é revelado e teria vasculhado vida do ditador

A crueldade de Adolf Hitler, é algo fora do comum.

O ditador da Alemanha na Segunda Guerra Mundial, foi responsável, por prender e matar mais de 6 milhões de pessoas, incluindo, judeus, negros, deficientes mentais e homossexuais.

Seu pensamento era de que a Alemanha, deveria ser um país de uma raça pura, sem defeitos e doentes.

Porém de acordo com documentações e investigações realizadas pelos Estados Unidos, por volta de 1939 a 1945, sugeria que Hitler, poderia ter trejeitos e tendências homossexuais.

Conforme um dos relatórios, o responsável pelo holocausto, Henry Field, se sentia “sexualmente atraído”, pelo seu vice, um delegado chamado Füher Rudolf Hees.

Segundo mostra os documentos obtidos na época, Hitler, viveu em um albergue para jovens homens solteiros, por volta de 1910 a 1913.

Conforme os relatórios, os homens mais velhos iriam até esse albergue para satisfazerem seus desejos com os rapazes mais jovens que ali viviam.

Hitler teve de voltar para a Alemanha, pois havia recebido, uma herança alta de seu pai falecido.

Um amigo considerado como braço direito de Adolf Hitler, foi quem forneceu informações sobre Führer, para o governo norte americano.

Logo, o ditador, era descrito como um verdadeiro sadomasoquista de uma duvidosa vida sexual.