Governo anuncia qual punição será dada a quem recebeu o auxílio indevidamente

O beneficio Auxílio Emergencial foi criado em ultima hora pelo governo, como uma medida de prevenir que brasileiros de baixa renda e trabalhadores autônomos ou informais tenha uma renda durante essa pandemia do Covid-19.

Porém, o Governo acabou percebendo que milhares de pessoas acabou tendo o beneficio aprovado mesmo não sendo apto aos padrões exigido.

Para quem se cadastrou no programa auxílio emergencial e acabou recebendo a quantia de 600 ou 1200 reais indevidamente, essa pessoa poderá esta se cadastrando na internet para devolver o dinheiro no site do Ministério da Cidadania.

Os interessados na devolução do dinheiro, deverá colocar o número do seu CPF e o site irá gerar um boleto, com um código de barras, o pagamento pode ser feito nos canais disponíveis de lotéricas e bancos, ou até mesmo pelo celular.

Se enquadram nessa situação: Militares ativos ou inativos, pensionistas, pessoas que têm emprego formal com carteira assinada, ou pessoas que têm renda familiar superior ao valor exigido.

Quem acabou recebendo o beneficio mesmo sem ser apto recebera uma dura punição segundo o governo, o TCU irá divulgar uma lista de acordo com o município, contendo o nome das pessoas que receberam o auxilio.

Isso ficará disponível para a população e para os empregadores que podem tomar algumas decisões, podendo até mesmo inclui desconto no salário do trabalhador.