Garotinha gritou por socorro pouco antes de cair do apartamento do pai e morrer

Na madrugada do último sábado (11), a menina Rafaella Lozzardo Silva, de 6 anos, morreu após cair da sacada do apartamento do seu pai.

O caso aconteceu na cidade de Praia Grande, localizada na região litorânea de São Paulo. Segundo as apurações realizadas pela polícia, Rafaella estava sob os cuidados de seu pai que a deixou dormindo no apartamento para levar a namorada em casa.

O trajeto entre o apartamento e a casa da namorada pode ser realizado em questão de minutos e por isso o pai de Rafaella acreditou que por ser algo rápido, não haveria nenhum problema em deixar a filha dormindo.

LEIA TAMBÉM:  Carlinhos Maia é vítima de abuso, clama por socorro

Alexandre Comin, delegado responsável pelo caso, afirmou que o comerciante de 39 anos, pai de Rafaella demorou cerca meia hora e neste período a menina despertou e entrou em desespero.

Rafaella foi até a sacada do apartamento e começou a gritar por socorro e dizia que estava com medo e sozinha.

Uma vizinha acordou com os gritos de Rafaella e tentou acalmar a garotinha e a disse que ligaria para a portaria, quando ela foi fazer a ligação acabou ouvindo um estrondo e quando voltou viu que a menina havia caído.

LEIA TAMBÉM:  Bíblia 8 horas por dia e afastamento dos amigos: os bastidores por trás do fim do casamento de Karina Bacchi

Ainda segundo o delegado, quando o pai de Rafaella chegou no prédio deu de cara com as viaturas da polícia e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A principio ele foi informado que a filha havia sofrido um acidente e foi levado para a delegacia.

“Chegando na delegacia, no momento em que foi dada voz de prisão em flagrante delito, ele foi cientificado da morte da filha. Ficou bastante transtornado com a notícia”, afirmou Alexandre.