Fuzil, 862 cartuchos e metralhadora: os detalhes por trás da misteriosa morte de modelo

A morte de uma modelo de 27 anos, está repleta de mistério e volta a mostrar os perigos de ter armas de fogo em casa.

O delegado Paulo Bilynskyj de 33 anos, ex namorado de Priscila a jovem morta, Paulo esta internado em estado gravíssimo, segundo o relato do seu depoimento ele teria sido baleado por ela em seu apartamento, localizado na cidade de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo.

Nesta quinta-feira dia 21 de maio, segundo noticias do site UOL no apartamento do casal havia seis armas de fogos, entre elas um fuzil e uma metralhadora de uso militar.

E mais de 800 cartuchos encontra-se localizado na propriedade, segundo informações havia armas em todos os cômodos da casa, Paulo era “armamentista”.

Apoiador de Bolsonaro, ele defende que o cidadão possa ter quantas armas quiser dentro de sua própia casa, por ser delegado ele porta esse direito, todas as armas eram legalizadas.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, Paulo diz:

“Minha namorada acabou vendo algo em meu celular e ficou irritada partiu para cima de mim, me dando seis tiros, logo em seguida ela cometeu suicídio 

O delegado conseguiu se arrastar para fora do apartamento e pedir socorro, o imóvel fica no mesmo prédio onde mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.