Estudo revela qual tipo sanguíneo tem mais chances de enfrentar à forma grave da Covid-19; confira

O mundo todo vem passando pela pandemia do novo coronavírus que se iniciou nos últimos meses.

Em todo planeta, mais de 440 mil pessoas foram mortas pela doença e mais de 8 milhões foram infectadas.

Os cientistas não se cansam de encontrarem soluções rápidas e eficazes para o combate da covid-19.

Durante o estudo foi detectado que o tipo sanguíneo dos pacientes com coronavírus pode influenciar o quadro de saúde do paciente, além de desencadear a forma grave provocada pela doença, ou sars-cov-2.

Conforme as pesquisas dos cientistas e dos estudos que fizeram nos genes de milhares de pacientes da Europa, descobriu-se que as pessoas com tipo sanguíneo A eram os mais propensos a contrair a doença de maneira mais grave e os que apresentaram o tipo o eram os menos propensos.

Porém outros cientistas, pediram cautela sobre o assunto, a fim de evitar Pânico entre a população.

Conforme alguns cientistas dos Estados Unidos disseram,não existe qualquer certeza até o momento sobre o papel do tipo sanguíneo em relação a doença.

Na Itália, Dinamarca, AlemanhaEspanha, dentre outros países europeus cientistas compararam mais de 2 mil pacientes que estavam em estado grave com covid 19 além de outras milhares de pessoas com o vírus que estavam saudáveis ou apresentavam sintomas leves ou inexistentes.

É muito mais amplo os estudos genéticos como este, pois é necessário que outros cientistas, faça um estudo sem novos pacientes, para que seja possível constatar as mesmas relações entre a gravidade do coronavírus na pessoa e o seu tipo sanguíneo.