Esposa de Cid Moreira é acusada de maus-tratos, dar comida estragada e roubar bens do apresentador; prisão é solicitada

Para quem ainda não está familiarizado, Cid Moreira, é um jornalista, locutor e apresentador brasileiro cujo ainda está em atividade desde 1947. Cid é reconhecido por sua voz unicamente grave, a qual chama atenção de diversos espectadores. Ele é responsável pelo programa “Boa Noite” e também tem grande participação no crescimento do programa “Jornal Nacional” e “Fantástico”, todos esses tem um alto nível de aceitação do publico brasileiro.

 

Mesmo com todo esse sucesso, os filhos do apresentador Cid Moreira decidiram unir as forças e acionar a Justiça contra a atual esposa do próprio pai, Fátima Sampaio,  cujo atualmente tem 58 anos, uma diferença de idade considerável já que Cid tem 93 anos. Existem grandes denuncias de um possível abandono afetivo, Rodrigo Radenzev Simões Moreira e Roger Moreira chegaram a entrar com uma ação para interditar o apresentador de 93 anos.

 

Os filhos revoltados com a falta e empatia da madrasta imploram pela punição da mesma, e chegaram já a abrir um inquérito aberto no Ministério Público do Rio de Janeiro. As noticias chegaram a outro patamar e foram divulgadas pelo site Notícias da TV, site que tem grande notoriedade em noticias especificas de famosos e celebridades.

 

O portal teve acesso com exclusividade as noticias, as quais foram declaradas 2- de julho. Conforme divulgado, os irmãos informam que o pai é uma “pessoa idosa, senil e tem problemas psiquiátricos ocasionados pela idade”. Eles acusam fortemente a madrasta chegando a dizer que ela estava sendo capaz de “depenar totalmente o idoso, em puro estelionato senil, apropriação indébita e formação de quadrilha“. Eles alegam que a madrasta estaria se aproveitando da fortuna de Cid, usando o dinheiro do mesmo para se auto beneficiar indevidamente e distribuir dinheiro para familiares. “Com a ajuda de parentes e amigos, começou a vender para os mesmos, imóveis do idoso vulnerável por preço vil, e os mesmos vendiam pelo preço real”, denunciam com certo tom de revolta.

 

Além disso, o documento ainda detalha maus tratos executados pela madrasta. Ela estaria alimentando Cid com comida fora de validade e qualidade duvidosa, negando remédios essenciais e o tratando de forma ríspida, chegando a gritar com os mesmo e  dirigir insultos.

 

O pedido ainda vai além, e solicita prisão de Fátima, mesmo que for preventiva. “Diante da gravidade dos fatos e da tentativa da querelada em tentar mudar provas, contatar testemunhas, que seja decretada a prisão provisória da mesma por 30 dias, prorrogando-se até que tudo seja apurado ou surja uma preventiva”, conclui a solicitação