Em cárcere privado e sob tortura, mulher consegue ajuda graças a uma toalha e um batom; entenda

Lamentavelmente, devido a quarentena que as pessoas estão tendo que passar, consequentemente aumentou o número de casos de violência contra mulher.

Com os agressores o tempo todo dentro de casa, as desavenças e agressões passam a ser constantes, principalmente as ameaças.

Na última segunda-feira, 20/04/2020, por volta das 2h30, uma mulher de 42 anos, foi vítima de agressão e ameaças de morte pelo seu marido.

O seu companheiro estava drogado, e foi então que ele passou a brigar com sua esposa.

De discussão, a confusão passou para agressão física.

As agressões foram de estrangulamento, e intimidações com facas.

A mulher ficou com diversos hematomas por conta da agressão sofrida, ela até tentou sair de casa, mas no momento em que saia, ela foi impedida, e o agressor trancou a porta do apartamento.

Nesse momento ela já começou a ficar assustada, foi então que ela começou a conversar com o marido que ficou mais calmo, mas como ele havia escondido o celular e as chaves, ela não tinha como solicitar ajuda.

Ao amanhecer ela teve a ideia, de lançar pela janela alguns objetos, a fim de chamar atenção de vizinhos, mas aí ela teve outra ideia, ela pegou uma toalha branca, e escreveu com batom a seguinte mensagem:

“SOS AP 203”.

Um vizinho se deparou com o pedido inusitado de socorro.

Ele imediatamente foi até o apartamento.

Quando o suspeito de 34 anos abriu a porta, a mulher aproveitou o momento para fugir do local.

Não demorou muito e a polícia foi acionada, que acabou prendendo em flagrante o agressor.