Em áudio enviado a amigo, 3 dias antes de falecer, Tom Veiga pediu ajuda: ‘Não pretendo morrer esta semana’

Tom Veiga, famoso intérprete do Louro José, deixou saudades após falecer no ano passado. Tom morreu em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), enquanto estava sozinho em seu apartamento.  De acordo com o Jornal Extra, à época, Tom estava recém-separado da ex-mulher Cybelle Hemínio da Costa Veiga e já tratava sobre assuntos do divórcio de forma legal.

Ao que tudo indica, o ator faleceu antes de se separar legalmente de Cybelle. No testamento, Tom deixou metade de seus bens para a empresária, e a outra metade teria que ser divida entre seus 4 filhos. Porém, uma grande reviravolta no que diz respeito a herança, aconteceu no início dessa semana. Um conhecido amigo do ator, divulgou áudios gravados por Tom Veiga, destinado a ele, onde fala sobre a distribuição de seus bens.

Na gravação, o intérprete pede ajuda ao amigo, para que ele testemunhasse no cartório, e o ajudasse a alterar o testamento. Os áudios divulgados, deixam claro que Tom, tinha o desejo de retirar sua esposa do testamento, deixando toda a herança para os filhos. O ator afirmou, que estava muito ocupado naquele momento, mas que assim  retornasse ao Rio de Janeiro, gostaria da ajuda do amigo para tratar na anulação do testamento.

Em tom de brincadeira, o intérprete do Louro José, chega a brincar com seu amigo, a respeito de sua morte. “Fica sossegado. Não pretendo morrer esta semana, não”, disse ele 3 dias antes de sofrer o AVC. A empresária se defende, dizendo que ela e Tom, estavam reatando a relação um pouco antes de toda a tragédia.

Ela e os filhos, brigam na justiça para serem incumbidos de tratarem dos bens do falecido. Após estar com as redes sociais desativadas desde a morte de Tom, Alessandra Veiga afirma que ainda superou a perda do companheiro, e que ora para que ele fosse intercessor na terra. O casamento dos dois, durou cerca de 1 ano.