Em 12 horas, valor arrecadado em vaquinha virtual para ajudar o goleiro Bruno surpreende

O goleiro Bruno foi preso por falta do pagamento da pensão alimentícia para o filho Bruninho, fruto do seu relacionamento com Eliza Samudio.

Bruninho vive com a avó materna desde que Eliza Samudio foi assassinada por Bruno com a ajuda de alguns comparsas há cerca de 12 anos, até hoje o corpo de Eliza Samudio não foi encontrado.

LEIA TAMBÉM:  Neurocirurgião comenta sobre acidente de Rodrigo Mussi e fala sobre possibilidade de possíveis sequelas

De acordo com dona Sônia, avó materna de Bruninho, entrou na Justiça pedindo o pagamento da pensão, que segundo ela nunca foi paga.

Bruno teve pedido de prisão decretado pela Justiça de Mato Grosso do Sul, o valor que ele precisa pagar de imediato é de R$ 90 mil.

Neste último domingo (14), Ingrid Calheiros, esposa de Bruno, criou uma vaquinha virtual para arrecadar o valor necessário para que o ex-goleiro possa fazer o pagamento e não ser preso.

LEIA TAMBÉM:  Tragédia: Mulher morre atropelada acidentalmente por amiga após sair da festa do seu próprio aniversário

Bruno também colocou uma loja de açaí à venda, o estabelecimento fica na cidade de Cabo Frio, localizada no litoral do estado do Rio de Janeiro.

Cerca de 12 horas depois da criação da vaquinha virtual, por volta das 15h30 desta última segunda-feira (15), a campanha tinha conseguido arrecadar R$ 2 mil.

O valor chamou a atenção e entre os doadores estão 10 mulheres.