Elba Ramalho rebate acusações, “sou inocente”

No final do ano, o tema da pessoa famosa foi a festa que compareceu à festa, alguns dos quais já compareceram, mas desta vez a réu Elba Ramalho se defendeu e disse que não tinha nenhuma acusação.

A última festa que aconteceu na terça-feira, dia 29 de dezembro e foi interrompida pela polícia, gerou muita discussão, principalmente porque a festa foi um sucesso nacional na casa do cantor.

Segundo o próprio cantor, a casa de Trancoso será alugada, alguns turistas paulistas alugaram casa e ficarão responsáveis ​​por organizar esse encontro que vem sendo discutido nas redes sociais.

A cantora também anunciou em entrevista a uma revista que ficará no resort durante a festa e se opõe totalmente a qualquer evento que possa causar um reencontro quando estivermos passando por uma pandemia.

Ela também disse que quando soube de toda a sua confusão, sua casa foi alugada de 25 de dezembro a 4 de janeiro, que já é seu hábito, Elba disse que todos os anos os inquilinos têm de responder à festa para que possam descansar.

A cantora também deixou claro que, durante a negociação, disse que a lei só permite a participação de 200 pessoas na festa, e em hipótese alguma o número de convidados não pode ser aumentado.

Elba disse ainda que desde que voltou para Trancoso, só participou de um jogo, e foi muito tranquilo, voltou para casa depois de beber apenas uma bebida alcoólica.

Em entrevista, a cantora falou sobre suas lutas desde que assinou a Covid-19, e como a responsabilidade e a responsabilidade de todos são importantes neste momento complicado de nossa vida social.