Tristeza: Dona Miguelina, mãe de Ronaldinho Gaúcho, morre aos 71 anos vítima da covid-19

Os fãs do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, foram pegos de surpresa neste sabádo (20/02), pois foi confirmada a morte da mãe do jogador, vítima do novo corona vírus, que já ceifou a vida de milhões de pessoas no mundo.

Miguelina Elói Assis dos Santos de 71 anos de idade, lutava contra a doença desde Dezembro de 2020, mas não resistiu as complicações do vírus.

A informação de que ela tinha sido internada, tinha sido divulgada pelo perfil do próprio Ronaldinho. Em nota, ele agradeceu por toda força e orações recebidas pelos fãs e seguidores: “Queridos amigos, minha mãe está com covid-19 e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força mãe”, disse ele em dezembro, mês que mãe deu entrada no hospital.

 

O Clube Atlético Mineiro, nutria muito carinho e afeto pela mãe do ídolo. Em uma ocasião, o conselho deliberativo do clube fez uma homenagem para Dona Miguelina. Sua mãe, também se identificou muito com o clube durante a passagem de seu filho por lá.  Em 23 de setembro de 2012, quando ela se tratava de um câncer, torcedores atleticanos estenderam um banner gigante no Independência com as imagens dela e do filho.

Durante a ocasião, Ronaldinho se emocionou a ver todo o apoio dos torcedores do clube, na luta de sua mãe contra o câncer. É triste ver, uma mulher tão guerreira como Dona Miguelina, que já lutou uma das batalhas mais difíceis que alguém pode lutar, e que venceu com honra, ter sua vida ceifada por uma doença como a Covid-19.

Até o momento, o ex-craque não se pronunciou sobre sua perda. A equipe do Brasil Quiz, presta suas condolências a Ronaldinho, e a toda sua família.