Diretor da OMS diz até quando pode durar a pandemia de coronavírus

O diretor a OMS, Tedros Adhanom, na noite desta última sexta-feira dia 21 de agosto, voltou a público e se pronunciar sobre a pandemia do novo coronavírus, ele usa a experiência com a pandemia da gripe espanhola.

Ele usa está experiência , como exemplo, de como será a pandemia do coronavírus, em suas declarações ele relata que a gripe espanhola matou cerca de 50 milhões de pessoas no mundo inteiro.

E está gripe só conseguiu ser controlada depois de 2 anos de lutas, mas segundo o diretor, a tecnologia atualmente é mais avançada do que naquela época, então isso nos da vantagem para controlar o Covid-19, em um período de tempo menor.

O diretor ainda explica que com a conectividade da humanidade, o vírus é mais facilmente a se expandir rapidamente e contaminar as pessoas, ele reforça dizendo que precisamos ter união e solidariedade.

Que são detalhes fundamentais nessa etapa, onde com a mais nova tecnologia e conhecimento, poderemos deter o novo vírus, pois até os dias atuais, a crise do novo coronavírus já matou mais de 800 mil pessoas.

São mais de 23 milhões de pessoas infectados no mundo inteiro, Tedros revelou que espera o fim da pandemia chegue em menos de dois anos, e relembra a todos sobre os cuidados.

Estes cuidados que devemos ter para evitar novas contaminações e consequentes óbitos em decorrência da doença, durante a coletiva, os especialistas também comentaram sobre um estudo da Coreia do Sul.

O estudo mostrava que uma mutação do vírus Sars-Cov-2 foi detectada em casos mais leves da doença. E que ele ainda precisa ser obervado com atenção.