‘Deus me receba’: doente e isolado, como vive Pelé é de cortar coração

Edson Arantes do Nascimento, ou Pelé, na sexta-feira, 23 de outubro, o chamado “rei do futebol” completou 80 anos, o jornal carioca Extra quinta-feira, 22 de outubro mostrou em matéria que o happy hour de Pelé ficou no passado.

Hoje é um momento de reflexão. Nele, Bailey relembrou o passado e já falava sobre a morte, “espero que, quando eu for para o céu, Deus me receba como todo mundo hoje, graças ao nosso amado futebol.”

Esta estrela que já venceu a Copa do Mundo três vezes e completou sua carreira com sucesso Mais de mil gols, mesmo entre os campeões mais frequentes de hoje, é um feito assustador.

Em vídeo feito diretamente de sua casa, o ex-astro santista lembra que era muito velho, a última aparição de Pelé foi de partir o coração, com problemas nos quadris, ele não consegue andar sem a ajuda de utensílios.

Para as médias e longas distâncias, o companheiro de viagem de Edson Arantes do Nascimento não é mais uma bola, mas uma cadeira de rodas, embora as pessoas lamentem que Bailey tenha problemas com a idade.

A saúde, ele ainda se esforça para permanecer orgulhoso e saudável para evitar contrair o coronavírus, no vídeo do seu 80º aniversário, o “rei do futebol” agradeceu a Deus.

Por suas conquistas no futebol, mas também agradeceu por sua sobriedade, Pelé ainda está brincando, dizendo que embora esteja sóbrio, ele nem sempre é tão esperto.

A fita de vídeo do ex-jogador teve uma grande repercussão, principalmente em seu aniversário, Sandra morreu em 2006 aos 42 anos, mas não viu Pelé admitir sua paternidade, por causa dessas contradições, muitas pessoas separam Pelé de Edson Arantes.