Corpo de ginasta encontrada morta em casa passa por perícia no IML e resultado é divulgado

Na última sexta-feira dia 16 de outubro, minha mãe encontrou o corpo da ginasta Ana Paula Scheffer em um quarto em Toledo, no Paraná, a notícia da morte da ginasta surpreendeu muita gente e ecoou nas redes sociais.

“Ela é uma menina muito feliz e muito querida, ela nunca trabalha para mim, ela adora muito, este é o nosso orgulho, meus dois filhos têm orgulho de mim, isso vai ser mais difícil porque parece que estou passando por é um sonho.

Mamãe disse que vai ser difícil resolver esse problema, esta senhora acredita que sua filha foi vítima de um ataque cardíaco, Ana Paula Scheffer é a vencedora da Medalha Pan-Americana.

Em 2007, nos Jogos do Rio de Janeiro, conquistou a medalha de bronze na ginástica artística, atualmente, atua como treinadora do time de Cascavel e expressa pesar pelo falecimento por meio de nota.

No Pan do Rio, conquistou medalhas nos equipamentos de arco e flecha, a seu modo, também participou dos Jogos Pan-Olímpicos de 2005 e dos Jogos Sul-americanos de 2006, respectivamente em Buenos Aires.

Argentina e Medellín, Colômbia em 2010, em 2009, participou do mundo da ginástica rítmica japonesa, o corpo de Ana Paula Scheffer foi testado no Instituto Mexicano de Direito (IML).

O objetivo é determinar o que causou a morte do jovem de 31 anos. Segundo o IML do Paraná, que administra o exame, os resultados são inconclusivos, de acordo com informações divulgadas pelo portal G1.

Uma nova fiscalização será realizada para tentar apurar a causa da morte do atleta, segundo a equipe de Ginástica Rítmica de Toledo, Ana Paula é exigente e dedicada, atualmente, está conquistando o primeiro lugar do pódio com seus alunos nas competições do Brasil e da América do Sul.