Como está a mãe de Ísis Helena após confissão da morte da filha?” A vida sempre manda a conta”

A garota Ísis Helena foi covardemente morta pela própria mãe, que segue detida até o momento na penitenciária feminina I de Tremembé, localizada no interior de São Paulo.

O corpo da pequena Ísis de 1 ano e 10 meses, encontrava-se desaparecido desde 2 de março em Itapira São Paulo.

E só foi achado 26 dias depois, após a mãe Jennifer Natália Pedro confessar o crime, e revelar o local onde tinha enterrado a filha.

A garota nasceu prematura, com microcefalia, e tomava remédios controlados, indefesa e sem chance de se defender de sua própria mãe, a acabou sendo morta.

Em sua defesa, Jennifer disse que havia deixado a criança sobre os cuidados da avó, e ao voltar a menina tinha sumido.

Após ser detida, acabou mudando sua versão, se colocando como principal suspeita, a policia trabalha para descobrir se ela teve ajuda.

Na sua versão , a mulher disse ter dado de mamar para a filha e a colocado para dormir, e no dia seguinte ao acordar encontrar a filha morta por ter se asfixiado com o alimento.

A mulher segue detida pelos crimes de homicídio qualificado, falsa comunicação de crime e ocultação de cadáver, até o momento não se sabe o real motivo da mãe ter cometido o crime.