Caso Rafael: Paulo Cupertino e a novidade que pode ajudar na solução do crime

Foragido há um ano, Paulo Cupertino que assassinou o ex-ator Rafael e seus pais ao chegarem em sua casa, este caso teve muita repercussão no estado de São Paulo.

O empresário Paulo Cupertino de 49 anos de idade, no entanto, recebeu uma notícia não tão boa da polícia nesta sexta-feira, dia 24 de julho, que pode até ajudar na resolução deste caso. Pois o nome de Paulo entrou na lista dos mais procurado de São Paulo.

Isso até facilita a mobilização dos agentes que trabalham em investigação criminal no estado e também na região do país. O homem não aceitava o namoro de sua filha com o ator conhecido pelo comercial ‘Eu Quero Brócolis’.

Rafael Miguel fez o papel de ‘Paçoca’ na novela Chiquititas. Mesmo o fato do ator ser famoso o pai de sua namorada não aceitava o relacionamento dos dois jovens, Paulo tinha ciúmes de sua filha.

Então o ator e sua namorada viviam um relacionamento as escondidas sem seu pai saber. Paulo não aceito ver Rafael e sua família na porta de sua casa para conversarem sobre o seu relacionamento com a filha do mesmo. 

Rafael e seus pais foram mortos no portão do acusado, que desde então segue sendo procurado pela justiça. Nem com toda a repercussão do ocorrido, ajudou na prisão de Paulo Cupertino.

Está não é a primeira vez que Paulo entra na lista dos procurado, de acordo com informações do porta R7. No ano passado, Paulo passou na lista da Interpol, á polícia internacional. Pois tinha relatos que o suspeito tinha saído do Brasil.

De acordo com a informação da Polícia Civil garante que o assassino de Rafael, em um ano ele teria mudado de endereço 300 vezes. O mesmo também foi para dez estados e dois países da América do Sul.