Cantora Simaria conta como foi tão difícil ficar longe de seus filhos em isolamento

A cantora Simaria foi uma das vítimas do novo coronavírus e precisou se isolar da família por completo para evitar maior contaminação, mas agora, passando o momento difícil, a cantora aproveita o tempo que pode com os filhos, principalmente.

Simaria conta que a pior parte desse isolamento foi ficar longe de seus filhos ou quando eles iam na porta do quarto e perguntavam se poderiam a ver e abraça-la.

E ela tinha que responder não, e desde que a quarentena começou todos estavam muito grudados, almoçando e jantando junto, pois ela nunca teve essa oportunidade por estar sempre viajando fazendo shows.

Porém agora ela já está normalmente com todos eles, relatou a cantora em entrevista à Vogue Brasil, casada com Vicente Escrig, mãe de Giovanna de sete anos e Pawel de cinco.

Apesar do susto e da grande restição de contrato, ela contou ter sentido sintomas leves, e que foi muito tranquilo, e que não sentiu quase nada, só dor de cabeça, e ninguém de sua família contraiu o vírus.

Simaria conta que lembra que a terapia serviu muito bem como uma muleta para se recuperar, a sua movimentação do corpo, para passar pelo diagnostico positivo e toda a quarentena neste mês de março.

A cantora sertaneja relata que tem lido bastantes livros, malha em sua própria casa, tem se cuidado e que faz terapia a anos, o que ajuda ela abrir sua mente, que tem buscado bastante se conhecer melhor, para quando começa a se afundar nisso ela evolui muito.

E para concluir fala que é muito bacana, passar e ver o quanto a vida é bonita, esse processo é longo, pois as vezes tem que mergulhar no fundo do poço para realmente entender o que verdadeiramente você é, e se tornar uma pessoa mais leve e sensata, que sabe o que quer.