Bruno Covas é intubado em UTI após sangramento no estômago; prefeito luta contra um câncer

O prefeito da capital do estado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), está preocupando a todos, devido a seu último boletim médico, divulgado no início desta semana. Covas,  foi transferido para um leito de UTI no hospital Sírio Libanês e intubado na manhã desta segunda-feira (3), após apresentar um quadro de sangramento no estômago.

O prefeito, que agora está afastado do cargo administrativo, devido ao quadro delicado em que se encontra, foi parar na UTI, após passar por um procedimento de endoscopia. O laudo médico divulgado pela equipe médica, mostra que o prefeito afastado está com um sangramento provocado por úlcera em cima de um tumor original, na região que liga , o esôfago ao estômago, conhecida como cárdia.

Em decorrência do câncer que enfrenta, Bruno Covas passa por sessões de quimioterapia e imunoterapira periodicamente, mas teve que ter o tratamento suspenso, sem qualquer previsão de retorno. Inclusive, havia uma sessão marcada para o dia de hoje.

A equipe médica responsável pelo tratamento do prefeito, apontam que o sangramento é “não desejável”, mas enfatizaram como causa natural do tipo de tratamento que o parlamentar  vem sendo submetido.  O sangramento foi descoberto, após Bruno Covas dar entrada no hospital  no último domingo, para a realização de exames de sangue, endoscópico e de imagens, com a missão de dar seguimento ao tratamento de quimioterapia e imunoterapia. Porém, após o diagnóstico um tanto preocupante, o tratamento teve que ser adiado.

Neste período de afastamento de Bruno Covas, a cidade de São Paulo será administrada por Ricardo Nunes, vice na chapa do prefeito. . Através das redes sociais, diversos apoiadores da administração de Covas, e também amigos do político, demonstraram todo o seu apoio ao político, e desejaram forças a ele, para que ele possa passar por esse momento tão delicado de sua vida. Estamos todos torcendo pela sua recuperação.