Bolsonaro volta a falar sobre pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial

Durante uma live nesta quinta-feira dia 28/05, Jair Bolsonaro presidente da republica do Brasil (Atualmente sem partido) , esclareceu duvidas e falou sobre o auxílio emergencial.

Auxilio que o governo disponibilizou para beneficiários do Bolsa Família, trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, o beneficio tem sido pago desde o começo da pandemia causada pelo covid-19.

O beneficio que possui um valor de  R$ 600,00, será estendido por algum tempo, segundo Bolsonaro e pode acontecer de haver uma quinta parcela, mas com o valor reduzido.

“Nós já estudamos uma quarta parcela com o Paulo Guedes. Está definindo o valor, para ter uma transição gradativa e que a gente espera que a economia volte a funcionar”  disse o presidente durante a live.

Segundo a caixa econômica federal 59 milhões de pessoas foram aprovadas para receber a quantia mensa, nas redes sociais muitos reclamam de não ter recebido nem a primeira parcela.

Cada parcela do auxílio emergencial custa R$ 48 bilhões aos cofres públicos, por esse motivo o presidente diz estar analisando calmamente o valor com o ministro da economia Paulo Guedes.

“Conversei com o Paulo Guedes [ministro da Economia] que vamos ter que dar uma amortecida nisso daí. Vai ter a quarta parcela, mas não de R$ 600. Eu não sei quanto vai ser, R$ 300, R$ 400; e talvez tenha a quinta [parcela]. Talvez seja R$ 200 ou R$ 300. Até para ver se a economia pega, não podemos jogar para o espaço mais de R$ 110 bilhões, que foram gastos dessa forma. Isso vai impactar nossa dívida, no Tesouro” disse Bolsonaro.

O calendário atualizado sobre as datas disponível do saque dos R$ 600,00 esta prevista para daqui a duas semanas, vale lembrar que o beneficio só é disponível para quem atender aos requisitos solicitados.