Bandidos tentam assaltar campeã de ‘jiu-jítsu’ e o pior acontece

Dois bandidos abordaram uma motorista que falava ao celular dentro do carro, em Cambé, no Paraná, segundo o site R7, os bandidos não tinham como contar com as vítimas.

Ao saber que o suspeito estava desarmado, a vítima identificada como Daniela respondeu apontando uma arma para o homem, um fugiu e o outro foi mobilizado pela polícia.

No vídeo exibido no programa “Balanço“, a vítima relatou os detalhes da operação, a patrulha de segurança interna de uma escola de Jiu-Jitsu da Baixada Fluminense percebeu o momento em que um homem tentou assaltar o local na segunda-feira.

Sua recepcionista da Gracie Barra, na Rua Doutor Barros Júnior, no centro de Nova Iguaçu, se rendeu e roubou o celular da vítima enquanto um colega cobria o exterior.

Após a rendição, o funcionário tentou fugir, mas foi preso pelos culpados, que tropeçaram, então os dois começaram uma luta física, no confronto, ela começou a gritar.

O caos atraiu a atenção de cerca de 15 alunos que praticam o esporte. Ao vê-los, o criminoso desesperado fugiu, “são duas pessoas, um ficou do lado de fora para andar de bicicleta e o outro entrou na academia.

Ele não veio anunciar o ataque, veio na recepção e pediu informações, mas como eu suspeitava, ele não atendeu, então pulou. A porta giratória do meu telefone, ele me cercou na escada e tentou tirar o telefone de mim.

O criminoso puxou meu cabelo e tentou me puxar para perto dele, mas eu o puxei com o braço, então, pronto Por um momento, ele levantou a camisa e disse, “eu vou te matar” mas eu não sei que arma é, não sei se é uma faca ou um revólver.