Banco Central vai imprimir dinheiro para pagar auxílio emergencial

O ano de 2020 com toda a certeza entrará para a história, e ficará para sempre em nossas memórias.

Devido o fato da Pandemia do coronavírus, atingir o país em cheio.

O Governo Federal, para garantir, que a economia não sofra um grande colapso, disponibilizaram para a população, um auxílio emergencial, no valor de R$600,00 por até 3 meses, para 60 milhões de pessoas.

Porém o Brasil está enfrentando uma grande ameaça, devido a insuficiência de cédulas de dinheiro, que seria destinado ao pagamento desse auxílio.

Logo, os estoques de dinheiro no Banco Central, se encontram um pouco abaixo do normal.

O Banco Central, solicitou a Casa da Moeda, a responsável pela produção do dinheiro, que intensificassem a produção, logo, os funcionários do local já ficaram cientes disso.

O aumento da produção, será destinado para ainda esse mês, com o objetivo principal é claro, em pagar o auxílio emergencial.

O pagamento desse auxílio, causou inúmeros problemas, entre eles, a superlotação nas agências bancárias da Caixa Econômica federal.

E isso pode ter sido um dos fatores, para que o vírus do COVID-19, tenha se espalhado rapidamente.

Muitas pessoas, que não tem conta regular na CEF, e em nenhum outro banco, estão passando a noite, na porta das agências.