Assassinato de Daniella Perez, 4 infartos e isolado: como vive hoje o ator Raul Gazolla

Sem sombra de dúvidas, o assassinato da atriz Daniela Perez, em Dezembro de 1998, foi um dos casos policiais mais notórios da história do Brasil. O caso chocou nosso país, e esteve nas capas das principais revistas e jornais por muito tempo.

Mas o que muitos não sabem, foi como todo esse triste crime, marcou a vida do na época, namorado de Daniela, o ator Raul Gazolla.

Apesar de seu porte atlético, no alto de seus 64 anos de idade, Raul leva consigo a experiência de passar por 4 infartos, sofridos em épocas diferentes. O primeiro deles, como conta num relato em suas redes sociais, foi sofrido dentro de um aeroporto, em São Paulo. Ele relata, que beirou a morte durante esse incidente.

Seu coração, ficou fragilizado, após a morte de sua amada, Daniella Perez, que foi assassinada brutalmente, por seu colega de cena,  Guilherme de Pádua e sua mulher, Paula Thomaz.

“Comecei a passar mal, a ficar tonto. Fui a um pronto de socorro lá mesmo no aeroporto, e a médica tirou a minha pressão e disse: ‘vamos internar o rapaz que a gente está perdendo ele’. Fui de ambulância para um hospital em São Paulo. Entrei na segunda-feira no hospital e sai na quinta, operado e com um stent no meu coração” contou Raul.

Recentemente, o artista veio a público, e revelou um plano de um amigo seu, tramado a 30 anos atrás, para vingar a morte de Daniella. Raul conta que seu amigo, o chamou para explodir uma delegacia de polícia civil, e assim dar cabo na vida do assassino Guilherme Pádua. Raul conta, que após uma longa conversa de aproximadamente 2 horas, ele conseguiu convencer seu amigo de não fazer aquela maluquice, pois ali, também se perderiam vidas inocentes.

Tudo isso mostra, o quanto Raul sofreu, e ainda sofre com a morte de sua amada, que encontrou um terrível destino, por causa da inveja alheia.