Acusada de mandar matar o marido, Flordelis convida a todos para comemorar seu aniversário

Flordelis é uma pastora e política brasileira que chamou a atenção do público quando começou a adotar uma criança como filha, muitos anos atrás, atualmente, ela é deputada estadual e tem mais de 50 filhos.

O que é incomum na família. A agente foi acusada de matar seu marido. O pastor Anderson Ducamo foi morto na madrugada de 16 de junho e levou 30 tiros sem chance de defesa.

A investigação revelou que foi o filho de Flordelis quem abriu o pai adotivo. Mas a diferença no testemunho fez com que a polícia suspeitasse de Flordelis, Sabe-se que ela é suspeita de matar o marido.

Mas mesmo assim vive uma vida de nada. Ela possui uma tornozeleira eletrônica e, além de pastorear a igreja aberta ao lado do falecido marido, também mantém o cargo de deputada.

Em uma postagem no Facebook, o pastor e cantor convidou todos a participarem de sua festa de aniversário. A data de nascimento do pastor é 5 de fevereiro, mas a gratidão por sua vida começará às 9h do dia 7 de fevereiro.

De acordo com a postagem, Flordelis não tinha motivos para comemorar seu aniversário, mas as irmãs da igreja decidiram guardar um agradecimento, O pastor e vice-presidente federal Flordelis promoverá a “Comunhão”.

A pastora anunciou a “reunião” em sua conta no Instagram: “Admito que não tenho motivo para ir à reunião, mas tenho muitos motivos para adorar a Jeová, ele tem me apoiado até agora.

Quero contar com a sua presença! ” Flordelis também postou uma foto / convite para seus seguidores. Cometeu um crime e afirmou na mensagem que “haverá uma Santa Ceia” às 9h00 do dia 2 de julho na Cidade do Fogo.

Distrito de Mutondo, em São Gonzalo, Área Metropolitana do Rio. O Departamento de Relações Públicas acusou o vice-presidente federal Flordelis do assassinato do marido, o reverendo Anderson Ducamo, em 2019, por seu marido Nidrois.