Sequestrador de irmão de Zezé Di Camargo e Luciano é morto pelo BOPE no Paraná

Depois do sequestro de Wellington Camargo, todo o Brasil acompanhou o sofrimento da família Camargo, caso ocorrido em 1998 e que causou sensação nacional.

Embora Wellington seja irmão de Zezé di Camargo e Luciano, ele não seguiu o país e cantou como cantor gospel por todo o Brasil, o crime teve um grande impacto na época.

Principalmente quando os bandidos cortaram e expuseram parte das orelhas da vítima, todos pagaram os US $ 300 mil necessários para a liberdade de refém de toda a família.

A família se mobilizou e pagou o dinheiro exigido aos bandidos que imediatamente deixaram Wellington Camargo libertá-lo, deixando-o abandonado a cerca de 150 metros da estrada deserta.

Um dos líderes da quadrilha que sequestrou Wellington foi identificado como Ozélio de Oliveira, foi preso, julgado e condenado a 108 anos de prisão, o criminoso conseguiu escapar da prisão.

Mas nesta semana cometeu um novo crime em Curitiba.O Batalhão de Operações Especiais (BOPE) foi informado e se encarregou da operação, que deu origem a Ozélio e outros.

O suspeito morreu após confrontar o agente. De acordo com informações da polícia, a organização pretende realizar outro sequestro quando a polícia os interceptou, conforme mostra o site R7, cuja fonte é a seguinte.

Dois criminosos foram mortos a tiros no cruzamento das ruas Mariano Skakuy e Valdemiro Valaski, o segundo confronto aconteceu na Rua Elvira Schaffer Rocha, na esquina com a Rua Hélio Tomás.