Raul Gazolla recorda assassinato de Daniela Perez e plano para matar Guilherme de Pádua

A atriz Daniela Perez faleceu em 1992, repercutindo em todo o Brasil. Daniela foi morta no final daquele ano. Atuou bem na novela “De Corpo e Alma” da série “Universal” dirigida por sua mãe Gloria Perez.

Durante a investigação, foi descoberto que o assassino de Daniela era seu novo parceiro, Gilgeme de Padua. Quando o crime ocorreu, Guilherme contou com a esposa.

Paula Tomás, para ajudar a acabar com a vida de Daniela, a filha de Glória Perez casou-se com Raul Gazolla. Agora, quase 30 anos após o evento, Raul Gazolla entrevistou o canal Rap 77 de Júnior Coimbra no YouTube.

Abriu um novo tópico jogos. Gazolla disse que pouco depois de Guilherme de Pádua ser preso na hora do crime, um amigo temerário ligou para ele e tinha um plano ousado: explodir a 16ª DP e prender Guilherme.

Segundo Raul, esse homem diria que ninguém matou a mulher do amigo, “passei duas horas persuadindo-o de que não deveria fazer isso. Por que sou uma boa pessoa? Não. Porque eu disse:”

Essa história não é fácil de contar, tem mais por aí. Esse menino precisa viver para contar a verdade. ” Mais importante ainda, quando você mata alguém no dia 16, você mata o inocente.

O ator de 42 anos de carreira disse, não consigo dormir, Raul Gazolla disse ainda que espera nunca mais ver Guilherme de Pádua. O ator acredita que nem Gilchem ​​nem Paula se arrependeram de ter matado Daniela.

Atualmente, Pádua é membro da Igreja Evangélica de Belo Horizonte, o fato é que 30 anos após o crime, Gazolla revelou um plano maluco traçado por um amigo para vingar o assassino de sua esposa.