Pai comove com desabafo após filha de 4 anos morrer engasgada com alimento: ‘Não foi descuido’

O pai de uma menina de quatro anos morreu sufocada com a comida enquanto jantava com a família, ele publicou um artigo emocionante na Internet, o fato aconteceu na cidade de Jundiaí.

No interior de São Paulo, e a explosão da morte de sua filha gerou resposta online, Diego Alves Pereira disse na mensagem que a sua filha nasceu com uma doença do esófago e deverá ser operada.

Ele também revelou que ela tem problemas de asfixia cerca de cinco vezes por dia, “isso não é descuido, meu pai explicou que quem nos conhece sabe como cuidamos dela.

A pequena Rebeca Rayane da Silva Pereira faleceu na sexta-feira, dia 23 de outubro, segundo a Prefeitura de Jundiayi, a menina morreu antes de chegar ao Pronto Socorro da UPA.

O corpo da criança foi encaminhado ao IML-Instituto de Medicina Legal, e a polícia aguarda laudo que indicará a causa da morte, o pai da menina Diego disse em entrevista ao portal G1.

Que a menina estava sentada à mesa comendo arroz, feijão e pepitas de ouro quando finalmente morreu, ela foi resgatada e levada para o hospital, mas durante a viagem, ela acabou não resistindo e morreu.

O pai disse que quando tudo aconteceu, ele estava trabalhando e sua esposa estava com o menino de sete anos, a mulher tentou afastar a criança, mas sem sucesso.

Por isso, pediu ajuda aos vizinhos, que levaram sua filha para a UPA, rebecca nasceu com 33 semanas de idade, prematuramente com diagnóstico de deformidade e atresia de esôfago, antes dos 20 dias de vida, a menina havia sido submetida a duas operações cirúrgicas.

De acordo com o tipo de comida, a menina bebe junto, quando ela engasgava, às vezes voltava sozinha, os médicos chegaram a dizer que ela não conseguia falar, mas a menina começou a falar com um ano de idade e surpreendeu os pais, a cirurgia pode ser feita para aumentar o esôfago, mas ela ainda não pode fazer isso por causa de seu baixo peso.