Luto: Acaba de morrer Miguel Falabella Monsenhor e amigos e familiares ficam sem acreditar “Descanse em paz”

O Sr. Miguel Falabella, 89, morreu de Covid-19 na noite de segunda-feira dia 23 de novembro, a informação foi confirmada por Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora.

Falabella entrou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Santa Casa de Missericodia, o G1 indicou que foi internado pela doença no dia 9 de novembro, em nota de imprensa, Dom Gil lamentou profundamente a morte deste religioso.

Informou-o de que receberia Miguel Falabella na Catedral Metropolitana às 10 horas, “em nome de familiares, fui membro da Confraria do Senhor dos Passos, fui um dos representantes do Arcebispo.”

Da direção da Santa Casa de Micericodia e também de toda a Arquidiocese de Juic de Fora, Gil O bispo, extraído da declaração, disse: “Trago todo o conforto da fé na ressurreição dos mortos, e ele tem pregado assim durante toda a sua vida. 

Respeitando as normas de saúde pública, a arquidiocese de Juiz de Fora informou que os funerais e as cerimônias fúnebres só serão realizados no Cemitério Saqueted acompanhados por alguns familiares.

Alguns padres, e haverá um intercâmbio interno, o Sr. Falabella nasceu no Mar Espanhol e serviu como pároco da Catedral Metropolitana de Juiz de Fora de 1963 a 2002 por quase 40 anos.

Quando deixou a sede religiosa da Arquidiocese, foi para a freguesia de São Geraldo, perto de Teixeiras, em 2002, recebeu o título de Vigário Geral do arcebispo honorário Dom Eurico dos Santos Veloso.

Nos últimos anos, continuou a exercer o mesmo cargo na paróquia do pároco de Bam e na própria catedral, os títulos obtidos pelo idoso incluem o cidadão honorário de Juiz de Fora, de onde também é considerado cidadão meritório.

Cidadão Honorário de Santa Rita Ibitipoca; Honorável Comandante Henrique Guilherme Fernando Halfeld Medalha da Desconfiança; Diploma de Amigo Meritório da Polícia Militar de Minas Gerais.

Prêmio Serpente de Ouro Personalidade da Associação Nacional dos Veteranos do Exército Expedicionário Brasileiro, segundo Dom Gil, o bispo “não passou bem” na noite de 8 para 9 de novembro, com falta de ar e cansaço.

Ele foi levado para a Santa Casa, onde médicos suspeitaram de ter contraído o novo coronavírus e decidiram internar Falabella por precaução, nos últimos dias, foi transferido para a UTI do hospital e seu quadro piorou, tendo falecido às 23h30 desta segunda-feira dia 23.