Andressa Urach quer de volta as doações que fez para igreja

A apresentadora da Rede Record, Andressa Urach, mais uma vez usou sua conta no Instagram para falar sobre o momento atual de sua vida, agora, ela fez um apelo financeiro pedindo ajuda para salvar todas as doações que fez à igreja evangélica que frequentava.

A modelo também disse que estava decepcionada com o templo e, caso não recebesse sua doação, buscaria os direitos no tribunal, “conversei com a igreja de forma amigável para que eles pudessem devolver minhas doações dos últimos anos.

Mas infelizmente ainda não a devolvi e não quero ir ao tribunal, mas eu estava incomodado, estava muito frágil naquela época, pensando no futuro do meu filho, quanto mais do meu filho.

Estou em um estágio muito vulnerável e ainda é o caso, então estou voltando ao tratamento, em outra postagem no Instagram publicada na última sexta-feira, Andressa também destacou a perda de seu tempo na realidade da igreja.

“Nos últimos meses, fiquei tão desapontado que realmente partiu meu coração, não consigo nem estudar, terei que trabalhar no departamento de jornalismo porque não tenho cérebro para pensar.”

De acordo com o contrato com a Rio Grande do Sul Records, até março de 2021, Andressa Urach também destacou que ela é financeiramente dependente do salário, “eu sou financeiramente dependente do meu salário.

Esse tipo de salário vai durar até março do ano que vem. Assim como eles fizeram quando estiveram em São Paulo pela segunda vez, desobedeci às orientações que recebi e casei com o pai do meu filho. ”

Andressa também disse que amava a igreja, mas não pôde comparecer devido a abusos. “Hoje, como todos sabem, tenho contrato com cartório do Rio Grande do Sul, depende financeiramente do meu salário.

O contrato vai até março do ano que vem, se não me demitirem até lá , assim como na segunda vez que estive em São Paulo, desobedeci aos ensinamentos que recebi e casei com o pai do meu filho ”, finalizou.

Andressa Urach desistiu de seu posto de sacerdote e voltou ao seu modelo, “ainda amo Jesus, preciso trabalhar e sou modelo, ela disse, ninguém paga minhas contas, então não me importo com o julgamento. “