Aline Barros chora e pede perdão aos Católicos. “Até Jesus errou imagina eu que fui enviada por ele”

A cantora evangélica Aline Barros foi amplamente criticada por membros da Igreja Católica, tudo começou depois da publicação, segundo eles, a cantora os teria desprezado, alegando que só os evangélicos são filhos de Deus.

No post, Aline Barros apareceu em uma foto na praia ao lado da amiga e cantora gospel Bruna Karla, o site católico publicou um artigo criticando severamente a cantora.

E dizendo que Aline Barros não respeitava a fé dos católicos,  site que publicou a notícia na manhã desta segunda-feira não é claro, a notícia é muito antiga.

O mal-entendido ocorreu na quarta-feira de cinzas de 2016, depois do carnaval, o caso foi esclarecido e, o mais importante, o grupo católico esqueceu o caso, depois que o site “revisitou” a notícia.

Aline Barros voltou a ser alvo de críticas dos católicos, que achavam que era um fato novo, até o momento, a cantora não comentou o caso, A cantora gospel mais cara do Brasil, Aline Barros, se apresentou em São Luis.

Causou polêmica no Facebook com um post da gospel costuma cobrar 150 mil reais, mas por conta da unção extra da cidade, a cantora tem que cobrar 200 mil reais afinal, porque como todos sabem.

E suas músicas agora têm uma versão remixada, aproveitando a oportunidade para enfurecer os católicos no meio da Quarta-feira de Cinzas, a Rainha do Evangelho postou em seu Facebook.

Por meio do raciocínio lógico, os internautas entendem que os católicos não são filhos de Deus, após polêmica na internet, o cantor deletou a postagem, mas não conseguiu impedir o protesto em sua página no Facebook.